Visite-nos
Rua Amazonas, 40 Bairro Santa Inês Três Pontas, MG (saiba como chegar)
Contato: (35) 3265-1041
Liturgia diária
Evangelho: 5ª-feira da 33ª Semana do Tempo Comum
Santo: São Clemente I


Menino do Doce Nome

“O melhor modo de começar o ano é invocando o nome de Deus
para dele receber o dom precioso da paz”.

Nossa Comunidade foi favorecida com um grande presente: uma belíssima imagem do Menino Jesus. Essa imagem é originária de Sevilha, Espanha. Traz o título de “Menino do Doce Nome”. Comemoramos a Festa Litúrgica no dia do Santo Nome de Jesus: 3 de Janeiro. Esse ano, ao comemorá-Lo pela primeira vez em nossa Comunidade, nós O expomos para veneração pública. A imagem do Menino do Doce Nome é para honrar o Santo Nome de Jesus. Quantas graças temos recebido!

Nossa Mãe, a Serva de Deus Madre Tereza Margarida, ao receber o pedido de fundar o Carmelo em Três Pontas fez uma promessa a Jesus: espalhar a devoção ao Seu Santo Nome. Mandou fazer um santinho relatando as promessas de Jesus à Irmã Maria de São Pedro, Carmelita Descalça, de Tours, França (1816-1848).

Mais tarde, Nossa Mãe começou a fazer as ‘pílulas da Sagrada Família’, cujo texto é o Evangelho do Nome de Jesus: “Naquele tempo, quando se completaram os oito dias para ser circuncidado o Menino, puseram-Lhe o nome de Jesus como lhe havia chamado o Anjo antes que fosse concebido no seio materno”. (Lucas 2,21)

Continuamos até hoje a fazer as pílulas, nunca deixamos de fazê-las. Muitos as procuram e as tomam com muita fé e devoção. Temos inúmeros relatos de graças.

Invoquemos, pois, o Santíssimo Nome de Jesus nas tentações, nas perseguições, na aflição. Invoquemo-lo sempre. “Por ele ofereçamos sempre a Deus um sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que lhe confessam o nome” (Hebr. 13, 15). “Tudo quanto fizerdes, por palavra ou, por obra, tudo seja em nome do Senhor Jesus Cristo, rendendo raças por ele a Deus Pai” (Col. 3, 17). “Tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, vo-lo farei” (Jo 14, 13). Pronunciemos muitas vezes em vida este Nome de salvação, para que o possamos pronunciar na morte, qual penhor seguro da felicidade eterna.

Por isso Deus o exaltou soberanamente e lhe outorgou o Nome que está acima de todos os nomes, para que ao Nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos. E toda língua confesse, para a glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é Senhor. (Fil 2, 9-11).

Desde o nascer ao pôr do sol, seja louvado o Nome do Senhor Jesus!

Irmã Elisabeth



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *