Visite-nos
Rua Amazonas, 40 Bairro Santa Inês Três Pontas, MG (saiba como chegar)
Contato: (35) 3265-1041
Liturgia diária
Evangelho: 5ª-feira da 33ª Semana do Tempo Comum
Santo: São Clemente I

NONO DIA

– A caminho dos altares –

“O céu é a verdadeira Pátria… Pátria de Amor de alegria, do louvor! E Maria é a Porta do céu!”
Com a partida de Nossa Mãe para Deus, sua presença e intercessão se fizeram sentir ainda mais fortes na vida daqueles que a conheceram.
Começaram a chegar ao Carmelo testemunhos de graças alcançadas por sua intercessão.
Seu túmulo era continuamente visitado por um número sempre maior de pessoas.
Padre Paolo Lombardo, então Postulador do Processo de Beatificação do Servo de Deus Padre Victor, teve a alegria de conhecer Nossa Mãe e ter por ela uma amizade e grande admiração. Percebia sua santidade.
Passados cinco anos de sua morte, tempo mínimo exigido pela Igreja, Padre Paolo reuniu a Comunidade para saber se as Irmãs estavam de acordo com a abertura do Processo. A aceitação foi unânime, pois todas viam em Nossa Mãe uma santa.
Os primeiros passos foram dados. Nosso Bispo Dom Diamantino Prata de Carvalho fez o pedido a Roma. Passados apenas quatro meses, o atual Postulador Paolo Vilotta entrou em contato com o Carmelo informando a aprovação pela Congregação das Causas dos Santos.
Tomada de um misto de alegria e responsabilidade a Comunidade reuniu-se para agradecer a Deus essa graça. Foi um presente dos 50 anos do Carmelo.
Fez-se a exumação em que os restos mortais de Nossa Mãe foram transladados do cemitério para o Carmelo, passando por um processo de conservação.
Enfim, no dia 4 de março de 2012, a cidade de Três Pontas parou para participar de um acontecimento que ficará para sempre gravado em sua história: A abertura do Processo de Beatificação da Serva de Deus Madre Tereza Margarida do Coração de Maria – Nossa Mãe.
Dia de céu! Dia de graças para Três Pontas! Nem parecia Tempo da Quaresma e sim pleno Tempo Pascal. Tudo falava de vida e alegria.
A urna contendo os restos mortais de Nossa Mãe ficou exposta na Matriz Nossa Senhora d’Ajuda, a fim de que os fiéis pudessem chegar perto de suas relíquias para rezar, pedir, agradecer, e sentir mais uma vez sua presença amiga e santa.
Em uma liturgia preparada com esmero e unção espiritual, nosso Bispo presidiu a Santa Missa, concelebrada por vários sacerdotes, contando com a presença de várias religiosas da Diocese e Irmãs de outros Carmelos e um grande número de devotos.
O Bispo nomeou o Tribunal Eclesiástico para colher depoimentos das testemunhas e a Comissão Histórica que está pesquisando a documentação desde o nascimento até a morte da Serva de Deus. Quando as duas comissões investigativas concluírem seus trabalhos, o Processo de Beatificação entrará na fase romana.
Dom Diamantino destacou três elementos importantes em um processo de beatificação. O primeiro é a oração. Pediu que todos rezassem pelo bom êxito do processo. Depois, a comunicação. Pediu aos fiéis que comuniquem com o Carmelo, sede diocesana da Causa de Nossa Mãe, algum milagre extraordinário para que seja estudado e que se comprovado possa ajudar no andamento. Por último vem a colaboração. Dom Diamantino lembrou que o procedimento é caro e que os devotos sejam generosos e que dêem a sua contribuição diretamente no Carmelo São José.
Durante a procissão de volta para o Carmelo, foi grande a manifestação e carinho do povo, que expressou de várias formas o seu reconhecimento, amor e devoção: com palmas, cantos, enfeites e flores nas ruas e casas, chuva de pétalas de rosas…
A capelinha onde ficam os restos mortais de Nossa Mãe é constantemente visitada.
Já existem vários relatos de graças…
Aguardamos o milagre que irá finalmente elevar Nossa Mãe aos altares, sendo enfim, reconhecida oficialmente pela Igreja.
Que a Serva de Deus Madre Tereza Margarida – Nossa Mãe, interceda por nós! AMÉM!

Repetir durante o dia:

Jesus, que eu conquiste para vosso amor
todos aqueles que se aproximarem de mim. (Nossa Mãe)

Para refletir:

De que forma tenho ajudado no Processo de Beatificação da Serva de Deus?
Qual o propósito que faço ao terminar esta Novena?

Oração final para todos os dias
Hino da Serva de Deus (refrão e 1ª estrofe)