Visite-nos
Rua Amazonas, 40 Bairro Santa Inês Três Pontas, MG (saiba como chegar)
Contato: (35) 3265-1041


“Nossa Mãe” e o mês de maio

Maio é um mês muito especial. Mês das flores, mês das mães.

É o mês de Maria. A flor mais bela que jamais existiu e a maior de todas as mães.

A Serva de Deus Madre Tereza Margarida gostava muito do mês de maio. Vários fatos nesse mês a marcaram profundamente.

Lemos em suas memórias: 

“Assim, Nossa Senhora, nos primeiros dias de seu mês, o amado mês de maio, deu-me este grande presente: o consentimento do Papai para minha entrada no Carmelo”.

A porta do Carmelo abriu-se para Nossa Mãe também nesse mês:

“Entrei no Carmelo, onde Deus me queria, e me guarda até hoje… alegrias e dores que fazem o rosário de toda vida neste mundo foram se desfiando. Nunca tive a menor dúvida quanto à minha vocação. Entrei aqui em 29 de maio de 1937”.

A Poesia “TODA TUA” expressa o seu desejo de pertencer à Nossa Senhora e confiar a Ela sua vocação:

Ó Mãe, doçura e esperança nossa

Dos presentes divinos, talvez o mais belo.

És a glória da Igreja peregrina,

A Rainha e Esplendor do Carmelo.

 

Aqui tudo é teu, tudo te pertence

Tu iluminas como o singelo clarão da lua

Vivemos dia a dia sob tua proteção

Que ventura, Ó Mãe, ser toda tua.

 

Desde o longínquo ano de 37

Naquele mês de maio, mês de ternura e alegria

Passei a viver seguindo teus passos

Como que desejando ser outra Maria.

 

Coloquei-me em teu maternal Coração

Para que neste refúgio santo e privilegiado

Pudesse estar sempre unida a Deus

Amá-Lo e por todos fazê-Lo Amado.

 

Fica sempre conosco, querida Mãezinha,

Protege-nos com teu puro e lindo véu

Abençoa-nos e ao mundo inteiro

E um dia leva-nos todos para o Céu.

 

‘Ser outra Maria’. Assim viveu ‘Nossa Mãe’ no Carmelo, a Casa de Maria.

Irmã Maria Elisabeth da Trindade  



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *