Visite-nos
Rua Amazonas, 40 Bairro Santa Inês Três Pontas, MG (saiba como chegar)
Contato: (35) 3265-1041
Liturgia diária
Evangelho: 5ª-feira da 33ª Semana do Tempo Comum
Santo: São Clemente I

SEGUNDO DIA

2º DIA: Redescobrir o rosto paterno-maternal de Deus

Leitura: Romanos 2,14-17

Teresa viveu numa época caracterizada por uma espiritualidade jansenista, que colocava Deus como juiz severo, insaciável de justiça. Porém a meditação da Escritura colocou Teresa à escuta de Jesus, que revela o doce rosto de Deus, que não somente pune nossas faltas, mas toma-nos nos braços com a ternura de pai e mãe, pois rico em misericórdia não cansa de nos acolher e perdoar. Ela questiona-se por que tantos naquela época se ofereciam como vítimas para aplacar a justiça de Deus, mas poucos se lembram do Amor misericordioso que deu-nos Seu próprio Filho como fonte de salvação. É no Filho pendente na cruz que se manifesta o amor total, e contemplando esta entrega, Teresinha se vê impelida a confiar e a entregar-se sem reservas através da oração, como um diálogo simples e filial que torna-se um impulso do coração. Para ela, em sua humilde simplicidade, a oração é definida como um olhar ao céu, um grito de reconhecimento que perpassa todos os momentos da vida. Mostra-nos como rezava na seguinte frase: “Faço como as crianças, digo simplesmente ao bom Deus o quero lhe dizer, sem fazer belas frases e Ele me compreende sempre.”