Visite-nos
Rua Amazonas, 40 Bairro Santa Inês Três Pontas, MG (saiba como chegar)
Contato: (35) 3265-1041
Liturgia diária
Evangelho: 3ª-feira da 24ª Semana do Tempo Comum
Santo: São Januário

SEXTO DIA

6º DIA: Testemunho profético do amor

Leitura: João 14,12-21

Santa Teresinha relata: “Uma carmelita que não fosse apóstolo estaria distante da meta da sua vocação e deixaria de ser filha da seráfica Santa Teresa, que desejaria dar mil vidas para salvar uma só alma”. Testemunhar e anunciar a nova vida em Cristo e a sua mensagem de esperança, é amar ao próximo. E Teresa, sem jamais se desviar de sua vocação no Carmelo, quis colaborar com Jesus na redenção do mundo, até o fim dele. E para esta missão, descobre que a eficácia da evangelização se estabelece no amor, pois fomos consagrados para a missão; a missão de recordar e servir ao desígnio de Deus a respeito dos homens, o projeto de uma humanidade salva e reconciliada. E para isto, Teresa ensina-nos a força evangelizadora da oração e a necessidade de uma espiritualidade real, que se manifesta pela consciência de nossa filiação divina, que nos faz viver as experiências dos sofrimentos e angústias de nossos irmãos. Assim o fez Teresa, aceitando a provação das dúvidas dos sem-fé para lhes alcançar a graça de superá-las. Senta-se à mesa dos pecadores e dos que rechaçam a fé e sofre com eles o vazio e a obscuridade, a ponto de dizer: “Vossa filha vos pede perdão pelos seus irmãos, ela aceita comer, por todo tempo que queirais o pão da dor e não quer levantar-se desta mesa cheia de amargura, onde comem os pobre pecadores, antes do dia que tenhais marcado”. O amor ao próximo, para ser eficaz, deve exprimir-se de acordo com as exigências do mundo de hoje. Nele se nos pede ter uma perspectiva social do amor, por que os recursos do amor individual são cada vez mais limitados. Só o amor a Jesus e o testemunho da sua vida e da sua doutrina permitem a verdadeira vivência da caridade.