Serva de Deus Madre Tereza Margarida Nossa Mãe

Rua Amazonas 40, Bairro Santa Inês - Três Pontas, MG

(35) 3265-1041

Artigos › 04/05/2021

2 maneiras infalíveis de desenvolver o seu senso de humor

“Vá embora, não aguento mais você!”, diz Ana ao marido no meio de uma briga conjugal. Carlos então pega o celular e percorre a lista de contatos: “Vamos ver, como eu classifiquei elas? Pelo seu nome ou pelo seu sobrenome? Ângela, Carla, Daniela, Marta…”. Absolutamente confusa, Ana começa a rir muito. Ah! Ela achou sempre o seu marido engraçado, sempre sabe usar o humor para sair das pequenas brigas de um casal…

Uma pequena risada diária serve tanto quanto um pouco de exercício físico
Na verdade, vários estudos científicos mostraram os benefícios do riso para a saúde. Ele fortalece especialmente o sistema imunológico, previne doenças cardiovasculares, afasta a depressão e o estresse e, é claro, melhora o relacionamento entre as pessoas. Também parece que, ao ativar os centros de recompensa do cérebro, libera dopamina (o neurotransmissor da felicidade), que estimula a sensação de prazer.

Para uma boa higiene vital, uma pequena risada diária serviria tanto quanto um pouco de exercício físico. Quando rimos bem, vemos a vida de uma forma mais relaxada, desdramatizamos ela mais facilmente, vemos as coisas com mais otimismo, ficamos menos ansiosos, mais abertos ao diálogo e vemos nossas dificuldades com mais distância. Portanto, não vamos nos privar! Vamos rir! Vamos receber com risos todas as situações que acharmos engraçadas ou absurdas.

Dá-me, Senhor, o senso de humor

Existirão pessoas que falem que o humor, embora seja algo que valorizem, não é uma habilidade para a qual sejam muito dotados ou, francamente, que não consigam praticá-lo. Essas pessoas podem utilizar o conselho de Tomás Moro e rezar com ele:

Dê-me, Senhor, o senso de humor.

Conceda-me a graça de entender as brincadeiras,

para que conheça na vida um pouco de alegria e

possa comunicá-la à outras pessoas.

Os jogos, uma forma de rir juntos

Também podemos rir com os nossos comediantes preferidos, que sabem identificar todas aquelas situações engraçadas e apresentá-las para que possamos rir também. Um bom show permite liberar todas as tensões acumuladas.

E os jogos? Por que não praticar essa outra forma de rir juntos? Os jogos não são reservados às crianças, embora também permitam que se divirtam em família. Também aqui percebemos o bem que o riso gera. Há um tempo para tudo, lembra-nos o Eclesiastes. Não devemos esquecer de encontrar tempo para rir.

 

 

Fonte: Aleteia

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X