Serva de Deus Madre Tereza Margarida Nossa Mãe

Rua Amazonas 40, Bairro Santa Inês - Três Pontas, MG

(35) 3265-1041

Artigos mosteiro › 22/11/2012

O bilhete que eu escrevi

Nós Carmelitas, temos como ponto de nossas Constituições, a prática do retiro anual de dez dias para Professas Solenes e oito dias para noviças.

Estando eu, fazendo um desses retiros, na mais completa solidão, li nas Obras Completas da Beata Elisabeth da Trindade,  uma reflexão que ela faz sobre a palavra de São Paulo: “andar em Jesus Cristo”. Ela diz que andar em Jesus Cristo, é sair de si, perder-se de vista, deixar-se, para entrar mais profundamente n’Ele, a cada minuto que passa. Tão profundamente que n’Ele sejamos enraizados e que, em cada acontecimento, em cada incidente, possamos lançar o belo desafio: “Quem me separará do amor de Cristo?” Quando a alma conseguiu fixar-se n’Ele tão profundamente, quando suas raízes estão assim n’Ele mergulhadas, a seiva divina circula nela abundantemente, e tudo o que é vida imperfeita, banal, natural, é destruída. E então, segundo a linguagem do Apóstolo, “o que é mortal é absorvido pela vida.” A alma assim despojada de si mesma e revestida de Jesus Cristo nada mais teme das influências de fora nem das dificuldades de dentro, porque tudo isto, longe de lhe ser obstáculo, só faz ‘enraizá-la ainda mais profundamente no amor’ do Mestre.

Quando terminei de ler esse trecho, sentindo a Luz de Deus invadir meu coração e, sob o efeito dessa efusão, escrevi um bilhete para Nossa Mãe, dizendo-lhe que nessas palavras, vi o reflexo de sua alma. Era  assim que eu a via, despojada e revestida de Jesus Cristo.

Depois, quando terminei o retiro, ela comentou comigo o conteúdo do bilhete, dizendo-me que, tudo era graça de Deus. Choramos juntas, agradecendo a Deus pela obra maravilhosa que Ele havia realizado em sua vida.

Lembro-me  desse fato como se fosse hoje. Boas lembranças, que o tempo não apaga…

No dia 14 de novembro, na Ordem do Carmelo celebramos Todos os Santos Carmelitas e  lembramos o segundo ano da passagem de Nossa Mãe para a eternidade.

Que bom saber, que alguém que tanto nós amamos, está agora junto ao Bom Deus intercedendo por nós e nos olhando com carinho de mãe.

Obrigado Senhor!

Irmã Elisabeth – Carmelo São José

Tags:

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X